logo
Federação Maranhense de Tiro Esportivo
CNPJ 06.496.095/0001-62
CR 1365 / 8
logo
MA Maranhão
23/11/2010

Final do Brasileiro de Carabina e Pistola - Maranhão Sobe no Podium em Todas as Provas Especiais - Júpiter Neewler é o Grande Destaque

Após a publicação em nosso site dos resultados e fotos (no sistema da FMTE, para quem não sabe, os resultados de atiradores maranhenses em competições nacionais também valem para a formação de nosso ranking), tanto da final do trap quanto da final de carabina e pistola, vimos agora publicar um breve relato sobre os importantes acontecimentos ocorridos na Final do Brasileiro de Car/Pst na cidade do Rio de Janeiro.

A exemplo do que aconteceu na Final do Brasileiro de Trap, realizado na cidade de Americana, de 13 a 14 de novembro passado, quando o Maranhão fez muito bonito no Tiro ao Prato, o Brasileiro de Carabina e Pistola, realizado na mesma data, na cidade do Rio de Janeiro, no Centro Nacional de Tiro Esportivo - CNTE - futuro palco das Olimpíadas de 2016 do Rio de Janeiro - terminou de consagrar a boa fase do Tiro Esportivo do Maranhão.

Com uma equipe de 5 atiradores, sendo eles Rui Duarte, José Augusto dos Reis, José Henrique Veras, Júpiter Neewler e Wissam Maalouf, o Maranhão se destacou e subiu em todos os podiuns das provas especiais, e também em Provas Olímpicas.

A delegação maranhense partiu para a disputa com o objetivo de participar apenas nas provas individuais, pois, para as provas de equipe, (este também era o Campeonato Brasileiro de Federações) carecia de apoio e estrutura maior, que, face a diversas circunstâncias, nos faltaram.

A baixa qualidade da regulamentação das provas especiais causou alguns transtornos, transtornos estes que foram superados e serviram para revelar a coesão dos membros da equipe maranhense.
A FMTE enviará ofício à CBTE solicitando melhorias nos atuais regulamentos.

As instalações do CNTE, local construído especialmente para sediar o Tiro Esportivo nos Jogos Pan-Americanos de 2007, são amplas e diferem completamente de quase todos os estandes conhecidos pela maioria dos atiradores (exceção aos estandes da AMAN).

A linha de tiro de 50 metros, completamente tomada com mais de 50 carabineiros, é uma bela imagem para quem gosta do esporte. O mesmo vale para a Carabina de Ar. As fotos em nosso site sobre as Finais do Brasileiro de Car/Pst mostram isso.

A FMTE parabeniza seus atiradores pela excelente participação neste campeonato. Rui Duarte, na prova de Carabina de Ar Olímpica, em acirrada disputa com carabineiros de todo o Brasil, conseguiu ganhar a Final e também conquistar o título de Campeão Brasileiro de Carabina de Ar - na categoria Máster. Além disso, conquistou, na modalidade de Carabina Mira Aberta de Ar, o vice-campeonato brasileiro.

Mas o grande nome do Maranhão foi Júpiter Neewler, que em desempenho inédito em campeonatos brasileiros, (oito títulos ao todo) alcançou a grande marca de dois títulos de Campeão Brasileiro, dois de Vice-Campeão, e um de terceiro lugar, tudo isso na Classe A, a mais importante. Na classe B, alcançou dois títulos de Campeão e mais um de Vice-Campeão coroando Júpiter como um dos maiores atiradores de nosso estado.

José Augusto dos Reis, em sua primeira viagem nacional em competições de Carabina e Pistola, na categoria Máster, também teve um excelente resultado, conquistando 5 títulos de Campeão Brasileiro e um terceiro lugar.
É mais Maranhão subindo ao podium.

José Henrique Veras, em sua primeira viagem do tiro ( e logo para o CNTE ), participou e colaborou com o restante do grupo timbira, alcançando também um 2º lugar na categoria B.

Wissam Maalouf também atirou e ajudou o Maranhão a subir mais vezes no podium nacional.
Alcançou um terceiro lugar na Carabina Mira Aberta 50m - Calibre Maior que juntamente com Júpiter Neewler, deu ao Maranhão nesta prova 2 lugares no podium nacional.
Alcançou também 2 títulos de campeão, 3 de vice-campeão e um de terceiro lugar na Classe B.

Equipes
Mesmo sem entrar ‘pesado‘ para a disputa em equipes, como ocorreu na vitoriosa campanha do Norte-Nordeste, o Maranhão ainda assim mesmo formou 6 equipes, sendo campeão nacional em duas ( Carabina Mira Aberta de Ar e Carabina Mira Aberta 25 m), vice-campeão em Carabina Mira Aberta 50 m - Calibre Menor e terceiro colocado em três modalidades, Carabina Mira Aberta 50m - Calibre Maior, Duelo 20‘ - Revólver Calibre Maior e Duelo 20‘ - Pistola Calibre Menor.

Santa Catarina foi a equipe campeã, o Rio de Janeiro foi a equipe vice-campeã e os nosso queridos e aguerridos companheiros do Ceará foram os terceiro colocados.

Vejam agora as colocações dos maranhenses em 10 das 11 provas que participaram na Final do Brasileiro (e nestas 10 provas, pelo menos um atirador em cada prova subiu ao podium, ou seja, ganhou medalha) . Depois vejam logo abaixo as colocações alcançadas no Campeonato Brasileiro, que utiliza o Ranking Brasileiro mais a participação na Final do brasileiro para decidir quem leva os títulos brasileiros:


Resultados na Final do Brasileiro (já publicado em nosso site na página de resultados):

Prova de Carabina de Ar Olímpica
1º lugar - Rui Duarte - 549 pontos - Máster

Prova de Carabina Mira Aberta 25 m
1º lugar - Júpiter Neewler - 346 pontos - Sênior - Classe A

Prova de Carabina Mira Aberta 50 m - Calibre Menor
2º lugar - Júpiter Neewler - 191 pontos - Sênior - Classe A
1º lugar - Wissam Maalouf - 181 pontos - Sênior - Classe B

Prova de Carabina Mira Aberta 50 m - Calibre Maior
1º lugar - Júpiter Neewler - 185 pontos - Sênior - Classe A
3º lugar - Wissam Maalouf - 174 pontos - Sênior - Classe A

Prova de Carabina Mira Aberta de Ar
1º lugar - Júpiter Neewler - 293 pontos - Sênior - Classe A
3º lugar - Wissam Maalouf - 284 pontos - Sênior - Classe B
1º lugar - Rui Duarte - 288 pontos - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Revólver Calibre Maior
1º lugar - Júpiter Neewler - 192 pontos - Sênior - Classe B
3º lugar - Wissam Maalouf - 184 pontos - Sênior - Classe B
1º lugar - José Augusto dos Reis - 177 pontos - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Revólver Calibre Menor
1º lugar - Wissam Maalouf - 193 pontos - Sênior - Classe B
3º lugar - Júpiter Neewler - 190 pontos - Sênior - Classe B
1º lugar - José Augusto dos Reis - 177 pontos - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Pistola Calibre Maior
1º lugar - Júpiter Neewler - 191 pontos - Sênior - Classe B
2º lugar - José Augusto dos Reis - 167 pontos - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Pistola Calibre Menor
1º lugar - Júpiter Neewler - 197 pontos - Sênior - Classe A
1º lugar - Wissam Maalouf - 181 pontos - Sênior - Classe B
3º lugar - José Henrique Veras - 126 - Sênior - Classe B
1º lugar - José Augusto dos Reis - 183 pontos - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Revólver Snubby
2º lugar - José Augusto dos Reis - 98 - Máster



Resultados do Campeonato Brasileiro:

Prova de Carabina de Ar Olímpica
Rui Duarte - Campeão Brasileiro - Máster

Prova de Carabina Mira Aberta 25 m
Júpiter Neewler - Campeão Brasileiro - Sênior - Classe A

Prova de Carabina Mira Aberta 50 m - Calibre Menor
Júpiter Neewler - Vice-Campeão Brasileiro - Sênior - Classe A
Wissam Maalouf - Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
José Augusto dos Reis - 3º Lugar do Brasil - Máster

Prova de Carabina Mira Aberta 50 m - Calibre Maior
Júpiter Neewler - Campeão Brasileiro - Sênior - Classe A
Wissam Maalouf - 3º Lugar do Brasil - Sênior - Classe A

Prova de Carabina Mira Aberta de Ar
Júpiter Neewler - 3º Lugar do Brasil - Sênior - Classe A
Wissam Maalouf - 3º Lugar do Brasil - Sênior - Classe B
Rui Duarte - Vice-Campeão Brasileiro - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Revólver Calibre Maior
Júpiter Neewler - Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
Wissam Maalouf - Vice-Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
José Augusto dos Reis - Campeão Brasileiro - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Revólver Calibre Menor
Júpiter Neewler - Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
Wissam Maalouf - Vice-Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
José Augusto dos Reis - Campeão Brasileiro - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Pistola Calibre Maior
Júpiter Neewler - Vice-Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
José Augusto dos Reis - Campeão Brasileiro - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Pistola Calibre Menor
Júpiter Neewler - Vice-Campeão Brasileiro - Classe A
Wissam Maalouf - Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
José Henrique Veras - Vice-Campeão Brasileiro - Sênior - Classe B
José Augusto dos Reis - Campeão Brasileiro - Máster

Prova de Duelo 20‘ - Revólver Snubby
José Augusto dos Reis - Campeão Brasileiro - Máster
fonte: FMTE
logo
Federação Maranhense de Tiro Esportivo

Rua Afonso Pena n° 291, sala 01 - Centro - São Luís - MA - 65010-030

phone(98) 9811-81188

CR 1365 / 8
CNPJ 06.496.095/0001-62

Sobre
Técnico
Mídias
logo Academia do Tiro
versão 2024/04
logo academia do tiro