logo
Federação Maranhense de Tiro Esportivo
CNPJ 06.496.095/0001-62
CR 1365 / 8
logo
MA Maranhão
14/10/2011

Relatório e Estatísticas do Torneio da Amazônia 2011

Torneio da Amazônia 2011: sinônimo de alegria e grandes resultados.

Com 260 inscrições de prova e mais de 40 participantes de três estados do Brasil ( MA – SC – PA ), a 7ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Car/Pst e a 9ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Trap, realizadas na cidade de Imperatriz entre os dias 7 e 9 de outubro, fizeram parte do Torneio da Amazônia 2011 e confirmaram de vez esta cidade no cenário brasileiro do Tiro Esportivo.

Não há nada mais gratificante do que poder comemorar, ao fim de um grande torneio, o sucesso da organização e dos grandes resultados, regado com sentimentos de alegria experienciados nos momentos de confraternização durante os maravilhosos dias vividos na cidade de Imperatriz. Serão lembranças carregadas por toda a vida pelos que lá estiveram.

O Clube de Caça, Pesca e Tiro de Imperatriz – CCPETI, revela-se um dos mais completos e importantes clubes de tiro do Maranhão. Ano a ano vem promovendo melhorias em suas instalações juntamente com o aumento de seu quadro de filiados. Este ano a grande novidade foi a construção da elegante cobertura da pedana de Trap, além da repintura geral dos estandes e da construção de um depósito para armazenar o material das competições. A fabricação Made in Maranhão, dos transportadores elétricos de alvos e ar, da marca Chicon Del Bigodon Machines, foi um exemplo das novidades encontradas em Imperatriz.

A direção da Federação Maranhense de Tiro Esportivo se orgulha de ter sediado em uma cidade do interior, distante 650 Km de São Luís, duas importantes etapas dos Campeonatos Brasileiros de Trap e de Carabina e Pistola. Vale lembrar que, no mês anterior, a FMTE conseguiu promover concomitantemente em duas cidades do Maranhão, São Luís e Balsas, as etapas dos brasileiros de Carabina e Pistola e de Trap.

Parabéns aos dirigentes do CCPETI !!! Desde seu presidente, Francisco Farias, que capitaneou todas as obras de melhorias, ao seu braço direito Anderson Gomes, à família Silva, até todos os sócios filiados que contribuíram para a realização e sucesso do evento.

Dos atletas maranhenses, a FMTE só pode se orgulhar e parabenizá-los pelos excelentes resultados nacionais. Obtivemos os melhores desempenhos de atiradores maranhenses dos últimos tempos em competições brasileiras.

O primeiro lugar foi do nosso campeão e recordista Júpiter Neewler, que alcançou o fantástico recorde brasileiro de Carabina Mira Aberta de Ar, batendo a marca de 298 pontos em 300 possíveis. Além disso, simplesmente ficou em primeiro lugar em todas as provas de Duelo 20” disputadas. O seu resultado de Carabina Deitado de 580 pontos o colocou em oitavo lugar na colocação nacional, abrindo as portas para o ingresso nas modalidades olímpicas, em condições de futuramente começar a pleitear vagas na equipe nacional.

Outro grande atleta maranhense que conseguiu grandes resultados foi Rui Duarte que, na categoria máster, venceu nacionalmente todos os seus adversários, conseguindo os primeiros lugares nas provas de Carabina de Ar Olímpica e, pela primeira vez, na prova de Carabina Deitado, com o excelente resultado de 572 pontos.

Das 5 provas de armas curtas olímpicas e ISSF em disputa, nosso outro campeão na categoria máster, Francisco Farias, venceu 3 e ficou em segundo em 2 modalidades. Parabéns Xicão!

As nossas meninas, Márcia Rosseto e Rose Teixeira, também tiveram um resultado fantástico na prova de pistola de ar feminino, sendo que, a esforçada e super técnica Márcia, venceu com 358 pontos a classe B da modalidade. Vale lembrar que há apenas um ano, na edição do Torneio da Amazônia de 2010, a atiradora Márcia recebeu sua pistola de ar e começou a sua jornada, finalizando o ciclo de um ano, partindo do zero aos 358 pontos. Façam suas apostas para o ano que vem!

RoseTeixeira, correndo por fora, ficou em segundo lugar com impressionantes 354 pontos. Parabéns a essas duas super atiradoras olímpicas!
A chegada do novo casaco de tiro de Rose a fez experimentar a modalidade de carabina de ar, na qual obteve um bom resultado.

Outro grande resultado de nossos atiradores olímpicos foi conquistado por Alysson Marquezelli, que recebeu sua carabina de ar olímpica, ainda na época da Copa São Luís, e alcançou a também expressiva pontuação de 549 pontos, com apenas 5 meses com a nova arma.

Dennis Jennings, atirador recém filiado a FMTE pelo CCPETI, mostrou-se como uma grande promessa para as armas curtas olímpicas, pois alcançou grandes resultados nas provas de Duelo 20”, atirando com armas emprestadas, revelando assim um grande talento e um futuro promissor no esporte.

Lembramos e agradecemos a presença de atiradores de outros estados, como o veteraníssimo Rubinete Nazaré, o leão da Amazônia, um dos fundadores do torneio em tempos antigos, que atirou nas provas de Carabina Deitado e de 3x40, além de CMA de Ar. Paralelamente ao torneio, e sob muita insistência, promoveu um rápido curso, ensinando a atiradores maranhenses, algumas técnicas secretas aprendidas por ele enquanto estava a serviço em ilhas do Caribe. Toujour Lamour e Double Nelson foram algumas das técnicas. Para mais informações é só falar com ele.

Ainda falando de Rubinete, o mesmo participau da prova de Carabina 3x40, relembrando que há 20 anos esteve na cidade de Imperatriz durante o Torneio da Amazônia, no mesmo posto de tiro, atirando esta mesma prova. Fez isso para homenagear a presença de Oscar Shultz no torneio e, também, a Francisco Farias, seu companheiro de Torneio da Amazônia.

O torneio foi prestigiado com a presença de Oscar Shultz, de Santa Catarina, que veio passar alguns dias no Maranhão. A FMTE agradece a participação de Oscar Shultz, muito “tietado” em nosso evento, onde além atirar Trap, participou de animadas conversas e jantares.

O querido atirador catarinense, Luiz Bork, mais uma vez se juntou a sua família maranhense, e passou alguns dias maravilhosos em nosso convívio. Mais uma vez o coitado foi ludibriado (só assim a turma poderia ganhar dele)com muita cerveja e camarão, tendo resultados inversamente proporcionais aos litros de cerveja consumidos!Pobre Bork! Aliás, alguns membros da equipe de carabina da FMTE, tiveram seus resultados fortemente abalados por fatores semelhantes aos que se abateram sobre o nosso Bork.

Além de bebidas, festas, jantares, passeios, shows e trilhas fizeram parte das programações extra competições do Torneio. Banhos no rio Tocantins, trilhas pelas belíssimas cachoeiras da região, shows nacionais (Chiclete com Banana), banquetes, entre outras formas de confraternização, deram o tom da festa e alegria do evento.

No Trap tivemos a presença de muitos atiradores, em especial da delegação de Balsas, capitaneada pelo seu presidente, Valmor Sacoman, que trouxe 8 atiradores.

Nesta etapa os resultado dos maranhenses foram considerados bons, mas insuficientes para alcançar algum podium. O maior resultado alcançado no Trap foi de Anderson Gomes com 188 pratos quebrados.

Agradecemos mais uma vez ao apoio da Pousada Ponta do Sol, sob os cuidados dos irmão Renato e Juliano Steckelberg, que apoiou a FMTE doando a hospedagem dos árbitros da FMTE.

A equipe de arbitragem, composta pelos árbitros Clauber Muniz (classificação), Alexsandro Alves (provas de 25 metros e carabinas deitado e 3x40), Edmilson Furtado (ar comprimido) e Washington Duílo (carabinas mira aberta e tiro prático), foi exemplar, com bom controle dos estandes e sem incidentes. A FMTE agradece a sua equipe de arbitragem e ao árbitro da CBTE, Alexsandro Alves, que aceitou o convite e veio participar do Torneio.

O evento foi bastante divulgado, tendo bastante espaço nos jornais impressos e na mídia televisiva, dividindo espaço com etapas dos brasileiros de Kart e de Paraquedismo que estavam a contecendo no mesmo fim de semana na cidade de Imperatriz.

O jantar de confraternização e premiação foi realizado em restaurante da cidade, e contou com a participação de cerca de 40 pessoas. Foi animado e bem descontraído!

Com a certeza da missão cumprida, o CCPETI e a FMTE se despedem de mais um torneio, tendo alcançado plenamente seus objetivos de promover o esporte do tiro e de, mais uma vez, realizar a festa da ‘Confraternização Através do Tiro‘.

Veja, abaixo, algumas estatísticas do evento:

Participantes do Torneio

Alysson Marquezelli
Júpiter Neewler
Márcia Rosseto
Renata Ravagnane
Ciro Neto
Francimar Dias
Cristovão Pereira
Giuliano Soares
Vanderilton Rodrigues
Adão Pereira
Crystiellen Pereira
Caroline Ravagnane
Vera Amaral
Rose Teixeira
Luiz Bork
Rubinete Nazaré
Dennis Jennings
Oscar Schultz
Wissam Maalouf
Anderson Gomes
José Augusto dos Reis
José Olavo Reis
Rui Duarte
Francisco Farias
Rodrigo Farias
Paulo Ravanagne
Gilmar Blatt
Valmor Sacoman
Orlando Pereira
Oneide Fucina
Pablo Fucina
Rudiere Fucina
Renato Steckelberg
Juliano Steckelberg
Rodrigo Silva
Gustavo Silva
Aluísio Fernandes
José Afran Mendes
José Manzotti
José Wilson Silva


Provas e Números de Inscrições

Silhueta Metálica de Ar = 24 inscrições
Carabina Mira Aberta de Ar = 33 inscrições
Carabina Mira Aberta 25 metros = 46 inscrições
Carabina Mira Aberta 50 metros – calibre maior = 12 inscrições
Carabina Mira Aberta 50 metros – calibre menor = 9 inscrições
Duelo 20” = 67 inscrições
Tiro Prático = 12 inscrições
Trap Top 100 = 17 inscrições
Trap Top 200 = 9 inscrições
Puma 3x7 = 7 inscrições
Carabina de Ar = 3 inscrições
Pistola de Ar = 5 inscrições
Fogo Central = 3 inscrições
Pistola Standard = 2 inscrições
Pistola Livre = 2 inscrições
Tiro Rápido = 2 inscrições
Carabina Deitado = 6 inscrições
Carabina 3x40 = 1 inscrição
Total de Inscrições = 260 inscrições
fonte: FMTE
logo
Federação Maranhense de Tiro Esportivo

Rua Afonso Pena n° 291, sala 01 - Centro - São Luís - MA - 65010-030

phone(98) 9811-81188

CR 1365 / 8
CNPJ 06.496.095/0001-62

Sobre
Técnico
Mídias
logo Academia do Tiro
versão 2024/04
logo academia do tiro